quarta-feira, julho 25, 2007

you must try it!

já há alguns anos vivemos a super-valorização da experiência. os intercâmbios estudantis, que não são nada novos, são uma prova disso. e as pessoas voltam com aquele discurso: "nossa, foi uma experiência inesquecível!". parece que a vida deixou de ser um conjunto, um todo, e passou a ser uma coleção de momentos experimentados.

e todos querem dividir e compartilhar suas peripécias. abriu um lugar novo na cidade: vai todo mundo pra lá pra provar, ver qual é. é muito importante experimentar as novidades pra fazer comentários superficiais. é muito importante ver e ser visto: é preciso que todos saibam que você está experimentando também. flashes, mtos flashes.

some a isso, no caso do mundo da música, a despencada na venda de cds. resultado: as gravadoras não são mais apenas gravadoras e distribuidoras de cds. os shows são a grande fonte de lucro. em todo canto do mundo pipocam festivais e mais festivais. importantes nomes de cada nicho encontram espaço para tocar no mundo todo.

eu não sei, não tenho essa fissura por shows. não gosto de cds ao vivo. claro, tem uma ou outra banda que eu tinha muita vontade de ver. perdi meus beastie boys há pouco tempo. mas tudo bem, tb não vou me sacrificar pra vê-los.

o mundinho musical descobriu essa mina há algum tempo. e tem investido pesado nas turnês das bandas. o tal do marquetingui achou lindo. e consegue atingir direitinho o tal do público alvo.

sei tb que eu não faço a menoooooor diferença pra esse pessoal, mas aqui vai meu recadinho: vou continuar não comprando cds, não comprando camisetas de bandas e não indo a shows (tirando um ou outro que estiver ao alcance do meu bolso e vier tocar na roça grande). quero outra coisa.


ah, o post foi inspirado em pensamentos recorrentes há uns bons 3 ou 4 anos e incentivado pela leitura dessa matéria (e só não ficou maior e mais detalhado por causa do sono):

Off the record
In recent years, the economics of pop music have been upended. The market for CDs has collapsed, and not even the rise of legal downloading can offset the damage to record companies. Meanwhile, demand for live performances has rocketed

(Robert Sandall)

2 comentários:

Murilo disse...

gostei do 1o parágrafo... acabei de voltar de um intercâmbio e quando digo q foi tranquilo e q eu (apenas) curti, talvez tanto qto eu curtiria o Brasil, as pessoas fazem cara feia e nao entendem =s logo, me sinto na na obrigação de dizer às pessoas que foi maravilhoso, uma oportunidade única, a Europa eh linda, cada cidade, cada castelo... ow saco...

fernanda disse...

que preguiça, né?

:)