sexta-feira, junho 01, 2007

sinusite-ite

não me lembro de ter ficado adoentada em momento tão apropriado. 2 dias de licença médica que vão se emendar com o fim de semana: perfeito! ontem pude me dedicar a um projeto paralelo (comento aqui qdo puder) que precisava de tempo e calma. hj vou tentar seguir na minha empreitada de esvaziar o pobre coitado do pc. vamos ver.

**********

pq será que as salas de raio-x são tão aterrorizantes?
como se não bastasse o fato de que os pacientes que precisam frequentá-las já estão em situação fragilizada, os equipamentos são pouco amigáveis, a luz (fria) é quase uma penumbra, existe um ruído bem frankenstein de fundo, e, por todos os lados, um ar decadente.
pode ser que eu não frequente os hospitais mais modernos e endinheirados. queria até saber se em bh existe algum setor de radiologia que seja um pouquinho agradável. pq é dificil relaxar num ambiente assim. trava ombro, trava pescoço, trava tudo.
ainda bem que, dessa vez, dei sorte e peguei uma operadora calma, simpática e delicada. pq da última vez, que eu me lembre, o cara faltou torcer meu pé e quebrá-lo de verdade. sei que chorei de dor na mesa, mas era só uma luxação. dá ódio só de lembrar da sutileza do cara.
mas então, voltando à parte que eu entendo melhor e tenho mais segurança pra palpitar: entendo que o ambiente tenha que ser austero para, de alguma maneira, transmitir a seriedade e os riscos envolvidos no processo. e é aí que deve entrar o design.
(pq design não é só fazer luminárias e cadeiras que agradem decoradeiras e decoradeiros)
dá, sim, pra tornar a experiência de se fazer um raio-x menos desagradável. ah, dá. com o ultra-som isso já aconteceu...

**********

receita de sopinha gostosa

- peça pra sua mãe fazer uma sopinha gostosa de vegetais (batata, cenoura, tomate e cebola). tome um pouco dela na hora e guarde o resto;
- torça pra sua mãe fazer um talharim ou espaguete ao pesto pro almoço. torça, principalmente, pra ela errar a mão e fazer mais que o necessário;
- peça pra alguém fazer mostarda refogada pro mesmo almoço;
- no dia seguinte, pegue o resto da sopa que tava na geladeira, parte do macarrão e a mostarda. misture tudo na panela, adicione mais água e aqueça;
- não tem erro: bingo!

Um comentário:

tati disse...

hahaha fala sério.
só faltou isso: "no dia seguinte, peça alguem para misturar tudo..."
tu é forgada....